REPERCUSSÕES DA DOENÇA FALCIFORME E O AUTOCUIDADO NO COTIDIANO DO ADOLESCENTE: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Léia Ataídes dos Santos, Denise Santana Silva dos Santos

Resumo


A doença falciforme é uma enfermidade hereditária e genética. Com alta morbimortalidade, pode levar à anemia crônica, a quadros graves de infecção, a crises intensas de dor, entre outras complicações. Este estudo objetivou identificar, por meio de uma pesquisa bibliográfica, repercussões da doença falciforme no cotidiano do adolescente e como o autocuidado pode minimizá-las.

A busca eletrônica dos artigos ocorreu entre os meses de setembro a novembro de 2014, orientada pelos Descritores “Doença Falciforme”, “Adolescentes” e “Autocuidado”, mediante consulta às bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), na Base de Dados de Enfermagem (BDENF) e também através da Scientifc Electronic Library (SciELO). A partir dessas buscas, e de acordo com os critérios de inclusão e exclusão, foram selecionados 14 artigos para análise e interpretação dos dados. Os resultados foram apresentados por meio de 04 categorias temáticas: repercussões físicas, através das crises álgicas, baixa estatura e magreza, e déficit de desenvolvimento; repercussões emocionais, evidenciadas por distúrbio da autoestima, autoimagem e autoconceito; sociais, destacando os conflitos internos e o cotidiano da família do adolescente com doença falciforme. Diante dessas repercussões, fica clara a importância de trabalhar o autocuidado, visando proporcionar melhor qualidade de vida aos adolescentes com DF.

ABSTRACT
Sickle cell disease (SCD) is an inherited and genetic disease. With high morbidity and mortality, it can lead to chronic anemia, severe infection, intense pain, and other complications. This study aimed to identify the
repercussions of sickle cell disease in the adolescent’s daily life and how self-care can minimize them. It is a bibliographic research. The electronic search occurred between September and November 2014, guided by the Health Sciences Descriptors (DECS) “Sickle Disease”, “Adolescents” and “Self Care”, through consultation to Latin American and Caribbean Health Sciences (LILACS), Nursing Database (BDENF), and Scientifc Electronic Library (SciELO). From these searches and according to the inclusion and exclusion criteria, 14 articles were selected for analysis and interpretation of the data. The results were presented through 04 thematic categories: physical repercussions, through pain crises, short stature and thinness and
development defcit; The emotional ones, evidenced by disturbance of the self-esteem, self-image and selfconcept; and the social ones, highlighting the internal conflicts and the daily life of the family of adolescente with DF family. In the face of these repercussions, it is clear the importance of working self-care, aiming to provide a better quality of life for adolescents with DF.


Palavras-chave


Doença falciforme; Adolescentes; Autocuidado;Sickle cell disease; Adolescents; Self-care.

Texto completo:

PDF

Referências


Lobo, Clarisse; MARRA, Vera Neves ; SILVA, Regina Maria G. Crises dolorosas na Doença Falciforme. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. São José do Rio Preto, v. 29, n. 03, p.247 – 258, Jul. 2007, disponível em http://

www.scielo.br/pdf/rbhh/v29n3/v29n3a11.pdf acesso em 28 de Jan de 2014 ás 14:00h.

Schineider, Karine Larissa Knaesel; MARTINI, Jussara Gue. Cotidiano do adolescente com doença crônica. Texto Contexto Enferm. Florianópolis, p. 194 – 204, 2011, disponível em http://www.scielo.br/pdf/tce/

v20nspe/v20nspea25.pdf acesso em 05 de Jan de 2014 ás 12:55h.

Lobo, Clarisse. Doença falciforme – um grave problema de saúde pública mundial. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. v. 32, n. 4, p. 280 – 281, 2010, disponível em http://www.scielo.br/pdf/rbhh/v32n4/a02v32n4. pdf acesso em 21de Setembro de 2015 as 15:00h.

Félix, Andreza Aparecida; SOUZA, Hélio M; RIBEIRO, Beatriz F. Aspectos epidemiológicos e sociais da doença falciforme. Rev. Bras. Hematol. Hemoter, Uberaba, p.203 – 208, 2010, disponível em http://www.

scielo.br/pdf/rbhh/2010nahead/aop72010 acesso em 14 de Dez de 2014 ás 18:30h.

Menezes et al. Qualidade de vida em portadores de doença falciforme. Rev. Paul. Pediatr. São Paulo, v.31, n.1, 2013 disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010305822013000100005 acesso em 12 de Outubro de 2014 as 17:30h.

Souza et al. Baixa estatura e magreza em crianças e adolescentes com doença falciforme. Rev. Nutr. Campinas, V.24, n.6, 2011 disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S141552732011000600006 〈=pt acesso em 20 de Outubro de 2014 as 12:20h.

Mataratzis, Pilar S.R.; Accioly,Elizabeth ; Padilha, Patrícia de C. Defciências de micronutrientes em crianças e adolescentes com anemia falciforme: uma revisão sistemática. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. São Paulo, v.32, n. 03, p. 247 – 256, 2010, disponível em http://www.scielo.br/pdf/rbhh/v32n3/aop78010.pdf acesso em 03 de Fev de 2014 ás 20:00h.

Veríssimo, Monica.P.A. Crescimento e desenvolvimento nas Doenças Falciformes. Ver. Bras. Hematl. Hemoter, São Paulo, v. 29, disponível em http://www.scielo.br/pdf/rbhh/v29n3/v29n3a15. pdf acesso em Out de 2014 as 22:50h.

Araújo, Paulo Ivo C. O autocuidado na doença falciforme. Rev. Bras. Hematol. Hemoter,São José do Rio Preto, v.09, n.03, Jul. 2007, disponível em http://www.scielo.br/pdf/rbhh/v29n3/v29n3a10.pdf acesso em

de Abr de 2014 ás 21:00h.

Martins,Paulo Roberto Juliano; Souza, Hélio Moraes; SILVEIRA,Talita Braga. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. V.32,

n.5, 2010 disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1516-84842010000500010&script=sci_

arttext acesso em 05 de Novembro de 2014 as 13:40h.

Guimaraes, Tania M.R; Miranda, Wagner L; Tavares, Marcia M. O cotidiano das famílias de crianças e

adolescentes com doença falciforme. Rev. Bras. Hematol. Hemoter.Recife, v.31 , n. 1, 2009 disponível em

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1516-84842009000100007&script=sci_abstract&tlng=pt acesso

em 01 de Novembro de 2014 as 15:39h.

Loureiro, Monique Morgado; Rozenfeld, Suely. Epidemiologia de internações por doença falciforme no

Brasil. Rev. Saúde pública. Rio de Janeiro, p. 943 – 949, 2005, disponível em http://www.scielo.br/pdf/rsp/

v39n6/26990.pdf acesso em 17 de Mai de 2014 ás 23:00h.

Silva, Alessandra Hoelscher; Bellato, Roseney; Araújo, Laura Filomena Santos de. Cotidiano da família que

experiência a condição crônica anemia falciforme. Rev. Eletr. Enf . 2013 disponível em https://www.fen.ufg.

br/fen_revista/v15/n2/pdf/v15n2a17.pdf acesso em 30 de Outubro de 2014 as 20:00h.

Martins et al. O autocuidado para tratamento de úlcera de perna falciforme: orientações de enfermagem.

Esc. Anna Nery, v.17, n.4. Rio de Janeiro, 2013 disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-

&script=sci_arttext acesso em 21 de Setembro de 2014 as 12:30h

Batista, Tatiana Franco. Con(vivendo) com a anemia falciforme: O olhar da enfermagem para o cotidiano

de adolescentes. Salvador, 2008,105f. Dissertação (mestrado em gênero, cuidado e administração em

saúde) –Universidade Federal da Bahia, disponível em: http://www.ccadoentescola.faced.ufba.br/arquivos/

tatianafancobatista.pdf acesso em 28 de Jan de 2014 ás 08:15h.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS PARA FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA 1979 - 2017 | BR 101 KM 197 | CAIXA POSTAL 18 | CACHOEIRA - BAHIA | +55 (75) 3425 - 8000